Blog da modéstia

Artigo
Procurar:
Modéstia católica e modéstia protestante, quais as diferenças?

Modéstia católica e modéstia protestante, quais as diferenças?

Muitas! E existem muitos meios de se diferenciar uma verdadeira Cristã, da falsa modéstia pregada pelas seitas.

Protestantes: 

1 - Algumas usam saias, geralmente jeans, acima dos joelhos e colantes; 

2 - Não imitam a Virgem Maria; 

3 - Geralmente não usam brincos, nem maquiagem; 

4 - Algumas não fazem depilação, não tiram a sobrancelha e não cortam os cabelos.


Católicas: 

1 - Usam saias longas ou midi, sempre modestas, abaixo dos joelhos, de diferentes tecidos; 

2 - Tem como exemplo a pureza e modéstia da Virgem Maria; 

3 - Usam adornos, para serem mais femininas, elegantes, sem parecer-se vulgar. Usam brincos, maquiagem, esmaltes etc. 

4 - Podem se adornar, cortar os cabelos, contanto que não queira provocar o sexo oposto pela imodéstia.


Muitas meninas tem essa dúvida quando iniciam na modéstia, querendo mudar o guarda-roupas. Receiam em mudar e serem confundidas com protestantes, de seitas como a "congregação cristã" e "deus é amor".

Fiz este artigo explanando as razões porque acho que, com muito bom senso e bom gosto, isso não acontece. E dou algumas dicas de vestimentas e acessórios que ajudarão a diferenciar, e não parecer "brega" nem antiquada.

Em primeiro lugar, a Modéstia Católica visa esconder o corpo, não mostrar demasiadamente para não ser objeto de pecado para os homens, assim diz as Sagradas Escrituras:

"Ouvistes o que foi dito aos antigos: "Não cometerás adultério". Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher, cobiçando-a, já cometeu adultério em seu coração." (Math. V, 27-29).

Os homens são mais propensos a caírem no pecado da impureza, como todos sabemos, por isso é dever da mulher principalmente serem modestas, não mostrar o seu corpo com roupas colantes, decotes, etc. Bem, tendo em vista isso, vamos levar em consideração outro ponto:


As mulheres católicas tornam-se modestas seguindo um belo exemplo, a Virgem Santíssima Mãe de Deus, sempre pura, sempre modesta, que é nosso modelo de perfeição, e nós devemos nos parecer com ela, na modéstia, na pureza. Só é lícito mostrar o corpo entre marido e mulher.

A Modéstia Católica portanto, nada tem a ver com a "modéstia" protestante, onde elas não tem como modelo a Santíssima Virgem Maria. Além de outras diferenças de pensamento e de atitudes que irei explicar mais adiante.

Há, muitas diferenças entre as Católicas que vivem a modéstia e as protestantes, e se nós levarmos em consideração estas diferenças na hora de nos vestir, e também em nossas atitudes como Cristãs, isso ficará visível. Pois o nosso exterior reflete o interior, ou seja: Que Maria brilhe em vós.

1° Dica: Jeans

Protestantes usam saias Jeans, e geralmente são curtas (acima dos joelhos), e quase sempre muito coladas. É raríssimo encontrar uma protestante usando uma saia jeans mais comprida ou menos colada, geralmente porque o jeans é grosseiro e "reto", sem corte. E isso é um marco importante na vestimenta das protestantes.


Então a dica que dou é evitar esta modelagem jeans, porque é imodesto (por ser curta demais), e também colante. Prefira saia jeans godê ou tecidos mais leves, maleáveis, escolhendo dependendo da época do ano, e também da região. Nada impede que se use um vestido jeans, abaixo dos joelhos, ou um tecido semelhante ao jeans, como chambray por exemplo. Porém, deve-se tomar cuidado para não ficar muito parecido com as que as protestantes usam e não ser muito curto, ao menos que não mostre os joelhos ao sentar. Exemplos de saias jeans modestas:


2° Dica: Brincos e acessórios

Protestantes não usam brincos, nem acessórios. Digo algumas seitas protestantes, pois é impossível falar em nome de todas, onde cada uma tem sua doutrina diferente da outra. Porém, na maioria das seitas protestantes que se usam saias e vestidos, seguem esta regra. E isso pode ser um diferencial para a Mulher Católica, que pode se adornar, contanto que não tenha o pensamento em provocar o sexo oposto (exemplo: uma mulher casada enfeitar-se para outro homem além do marido). Porém se fizer por um desejo vaidoso de aparecer nem sempre é pecado mortal, às vezes venial. Como bem disse São Tomás de Aquino:

"Se a mulher casada se enfeita para agradar ao marido, pode fazê-lo sem pecado. Mas as que não têm marido nem os querem ter e vivem em celibato, não podem, sem pecado, querer agradar aos olhos dos homens para lhes excitar a concupiscência, porque isso seria incentivá-los a pecar. Se, pois, se enfeitarem com essa intenção de provocar os outros à concupiscência, pecam mortalmente. Se o fizerem, porém, por leviandade, ou mesmo por um desejo vaidoso de aparecer, nem sempre será pecado mortal, mas às vezes venial. Diga-se o mesmo, aliás, a respeito dos homens." [1]

E também São Francisco de Sales:

“Uma mulher pode e deve se enfeitar melhor quando está com seu marido, sabendo que ele o deseja; mas, se o fizesse em sua ausência, haveria de perguntar-se a quem quererá agradar com isso.” [2]

Bem, tendo em vista esse pequeno detalhe que fiz questão de ressaltar, citando os escritos dos Santos doutores da Igreja, voltemos ao nosso raciocínio: A Mulher Católica pode adornar-se, enfeitar-se, usar brincos, acessórios, pulseiras, colares, esmaltes, e outros tipos de adornos que a deixam mais bela e feminina, e que as protestantes não usam.


Outro acessório que pode te diferenciar delas são os cintos. É raro uma protestante usar cinto, por que é um adorno bonito, que dá elegância à mulher. E se for bem usado pode ficar muito bonito.

3° Dica: Maquiagem

Usando o bom senso, podemos usar maquiagem também, claro sem excessos e dependendo da ocasião. Ao meu ver, na Santa Missa dispensa-se qualquer coisa que chame a atenção dos outros, mesmo à olhares femininos por curiosidade. Devemos ser modestas, nos esconder o máximo possível para que Deus seja o centro. Mas cada ocasião uma ação, podemos usar uma maquiagem modesta sim, pois as protestantes também não usam nenhum tipo de maquiagem.


4° Dica: Cabelos bem cuidados e com corte

Acho que isso não é novidade para ninguém, as protestantes não cortam os cabelos, a maioria não tira nem as pontas, e por isso eles vão ficando despontados, feios, e muito mau cuidados. A Mulher Católica é diferente, tem todo o cuidado com a aparência, pois não se deve ter um visual imodesto, com calças, shorts, mini-saias, mais parecendo a mulher gato, tem quem use até calça de couro [coisa horrorosa e imodesta] porém tampouco apresentar um visual desleixado. Podemos ser elegantes, bonitas e modestas ao mesmo tempo, e para isso o cabelo exige um cuidado especial, tendo um corte adequado e serem saudáveis e bem cuidados.


Lembrando aqui neste quesito que não é aconselhável a mulher ter cabelos com cortes masculinos. Há cortes para cabelos curtos que são femininos, há cortes que são exclusivamente masculinos, e isso masculiniza a mulher, tira sua feminilidade. Exemplo disso são algumas lésbicas que quando assumem publicamente seu pecado, cortam os cabelos desta forma. Isso deve ser evitado pelas mulheres Católicas, pois devemos preservar o dom que Deus nos deu: Ser Mulher, feminina! Deus nos criou diferente do homem e isso é bom.

5° Dica: Usar uma medalha de Nossa Senhora, cruz etc.

Esta dica é preciosa! Como é bom levar a nossa fé estampada no rosto, agora falo com minhas irmãs da fé, aquelas consagradas a Nossa Senhora que usam seu escapulário castanho no pescoço, ou a medalha milagrosa de nossa Senhora, e não tem vergonha disso [os homens também, por que não?].


Usar estes sinais externos são importantes para nos diferenciar das protestantes, bem como mostrar que não nos envergonhamos da nossa fé e de nosso Deus.

Considerações finais

Como podemos ver, há várias diferenças de aparência e comportamento das protestantes e católicas. Não há motivo para achar que são apenas as saias. Há uma maneira de pensar diferente, de se comportar e de se vestir, e somando tudo isso veremos no final das contas que não ficamos iguais a elas, exceto quem sabe, quando estamos com preguiça de nos vestir bem de nos arrumar.

As protestantes pensam de forma diferente, não amam a Virgem Maria, não a levam como exemplo, além de outros fatores externos como não tirar a sobrancelha, nem fazer depilação por exemplo, pequenos detalhes que nos deixam mais belas, e podem ser feitas pelas mulheres, se for para agradar seu marido e se adornar de uma forma pura. Tendo isso em vista podemos perceber porquê fica tão "brega" ver uma protestante de saia, pois não vemos apenas as vestimentas, mas o conjunto, ou seja a apresentação da pessoa, e tudo faz diferença no final.

Espero ter contribuído um pouco para ajuda-las neste caminho da santa Pureza. Que Nossa Senhora as inspire em como a imitar cada dia mais.

Texto adaptado do blog Flores da modéstia.

Notas:

[1] Suma Teológica – questão 169- artigo 2. Ed. Loyola.

[2] São Francisco de Sales, Filotéia, Parte III, Cap. XXV.

Categorias: Antes e depois da modéstia, Começando a ser modesta, Virtude da modéstia

Tags: católica, evangélica, moda, modéstia, protestante

Produtos recomendados:

Publicado em: 18 de fevereiro de 2021.

Compartilhe este artigo: