Carrinho de compras

Você ainda não adicionou nenhum produto em seu carrinho de compras.

Espelho da donzela cristã

Em casa ─ recatada e nunca ociosa. Na igreja ─ Anjo reverente. Com o próximo ─ complacente. Na conversação ─ moderada. No olhar ─ modesta. No pensar ─ refletida. No andar ─ grave e sossegada. No vestir ─ modesta e humilde. Nos trabalhos ─ a primeira. Nas leituras ─ receosa. Na companhia ─ afável. Com os homens ─ cautelosa. Com os Sacerdotes ─ respeitosa. Com os inferiores ─ aprazível. Na mesa ─ sóbria. Na cama ─ composta. ver mais

Artigo de sexta-feira, 3 de maio de 2019.

Artigo de sexta-feira, 3 de maio de 2019.

Tags: cristã donzela modéstia

Compartilhar no WhatsApp

O que passamos para os outros através do que vestimos?

Eu estava pensando sobre a modéstia e a questão que ficou em minha cabeça foi: o que passamos para os outros através do que vestimos? E o que queremos passar? Que exemplo nós estamos dando através do vestuário e dos modos? Temos que pensar nisso. A roupa, a apresentação pessoal, os modos, tudo isso diz algo sobre cada um de nós. Tudo isso importa, por mais que se queira viver de forma a pensar que isso não faz diferença. Não é repetindo para si mesma que algo... ver mais

Artigo de quinta-feira, 4 de abril de 2019.

Artigo de quinta-feira, 4 de abril de 2019.

Tags: modéstia roupas saias vestir

Compartilhar no WhatsApp

A modéstia do corpo

Para mortificar o corpo, comecemos por observar perfeitamente as regras da modéstia e urbanidade; nisto se encontra abundante matéria de mortificação. O princípio, que nos deve servir de regra, é o de São Paulo: “Não sabeis que os vossos corpos são membros do Espírito Santo que reside em vós? Nescitis quoniam corpora vestra membra sunt Christi?… Membra vestra templum sunt Spiritus Sancti” (1 Cor 6, 15,19). É mister, pois, respeitar o nosso corpo como um... ver mais

Artigo de segunda-feira, 4 de dezembro de 2017.

Artigo de segunda-feira, 4 de dezembro de 2017.

Tags: corpo filotéia modéstia

Compartilhar no WhatsApp

Honestidade das palavras e respeito que se deve ao próximo

“Se alguém não peca por palavras, é um homem perfeito.” (São Tiago) Tem todo o cuidado em não deixar sair de seus lábios alguma palavra desonesta, porque, embora não proceda duma má intenção, os que a escutam a podem interpretar de outra forma. Uma palavra desonesta que penetra num coração frágil estende-se como uma gota de azeite e às vezes toma posse de tal modo dele que o enche de mil pensamentos e tentações sensuais. É ela um veneno do... ver mais

Artigo de terça-feira, 7 de novembro de 2017.

Artigo de terça-feira, 7 de novembro de 2017.

Tags: conversas filotéia honestidade

Compartilhar no WhatsApp

As conversas e como se há de falar de Deus

Um dos meios mais triviais que têm os médicos para conhecer o estado de saúde de uma pessoa, é a inspeção da língua; e eu posso afirmar que as nossas palavras são o indício mais certo do bom ou do mau estado da alma. Nosso Senhor disse: ‘Por vossas palavras sereis justificados e por vossas palavras sereis condenados’. Muitas vezes e espontaneamente movemos a mão para o lugar em que sentimos uma dor e movemos a língua a todo amor que sentimos no... ver mais

Artigo de quarta-feira, 4 de outubro de 2017.

Artigo de quarta-feira, 4 de outubro de 2017.

Tags: conversas filotéia

Compartilhar no WhatsApp

O combate pela pureza

Os incentivos à impureza, multiplicando-se continuamente, envenenam as bases da vida. E ao mesmo tempo, a atitude tolerante, ou melhor, a atitude deformada de uma parte cada vez maior da opinião pública, a tornam cega diante dos mais graves distúrbios morais e permitindo assim que se relaxem ainda mais as rédeas que mantêm o mal sob controle. A imoralidade presente é pior do que a de idades precedentes? Seria talvez imprudente afirmar isso, e a pergunta é, em todo... ver mais

Artigo de sexta-feira, 1 de setembro de 2017.

Artigo de sexta-feira, 1 de setembro de 2017.

Tags: modéstia pudor pureza

Compartilhar no WhatsApp

Silêncio na Santa Missa

Certa vez perguntaram ao Padre Pio: “O que é a Santa Missa?”. Ele respondeu: “É Jesus no Calvário, com Maria nossa Mãe a seu lado e João aos pés da Cruz, e os anjos em adoração. Choremos de amor e adoração nesta contemplação.” Ele disse isso porque entendia o verdadeiro significado da Santa Missa. Celebrava com dificuldade devido aos estigmas, mas fazia-o com tanto amor que a todos os presentes fazia sentir o céu, celebrações que chegavam a durar até... ver mais

Artigo de quinta-feira, 24 de agosto de 2017.

Artigo de quinta-feira, 24 de agosto de 2017.

Tags: missa tridentina santa missa silêncio

Compartilhar no WhatsApp