Modéstia

Uma católica pode usar biquini?

Mulheres com traje de banho modesto na praia

Um site católico publicou um estudo sobre biquini, feito na Universidade de Princeton. Alguns homens que estudam nesta universidade participaram de um estudo sobre como o cérebro masculino reage ao ver pessoas usando diferentes tipos de roupas.

Os participantes do teste foram submetidos a um escaneamento cerebral e em frações de segundo foram mostradas fotografias de mulheres usando biquini e de mulheres vestidas modestamente.

Quando os jovens rapazes viram as mulheres vestidas de maneira escandalosa a parte do cérebro associada a ferramentas foi ativada. Chave de fenda, serra elétrica, enfim… essas coisas.

Embora alguma dessas imagens tenham sido exibidas por dois décimos de segundo, as imagens mais facilmente lembradas foram aquelas que as mulheres de biquini estavam com a cabeça recortada da foto.

O propósito da pesquisa, segundo Susan Fiske – Professora de psicologia da Universidade de Princeton – era de examinar as maneiras como as pessoas viam os outros como meios para um fim.

Os pesquisadores também descobriram que quando alguns dos homens viam mulheres com poucas roupas o córtex pré-frontal (parte do cérebro) dos homens foi desativada. Uma parte do cérebro foi desativada.

Essa é a parte do cérebro associada aos pensamentos, intenções e sentimentos das pessoas. A doutora disse:

Eles reagiram como se essas mulheres não fossem humanas.

Ela ainda disse: “É um estudo preliminar, mas é consistente a ideia de que eles estão olhando para as mulheres das fotos como se fossem objetos.” Ainda disse “Digo que a descoberta foi impactante, porque a falta de ativação dessa parte do cérebro dificilmente ocorre.”

Os pesquisadores só tinham visto essa ausência de atividade cerebral uma vez, durante um estudo onde pessoas eram expostas a imagens de usuários de drogas e sem tetos. As pessoas não queriam se relacionar com eles, então pensavam em outra coisa.

Outro estudo realizado com estudantes de Princeton mostrou que os homens, ao serem expostos a imagens de mulheres de biquinis associavam as mulheres com verbos em primeira pessoa, como “eu aperto, eu agarro, eu pego”.

Quando foram exibidos a imagens de moças vestidas modestamente, os homens associavam as imagens com verbos na terceira pessoa como “ela aperta, ela agarra, ela pega”.

Basicamente “ela está no controle”. Em outras palavras, as mulheres completamente vestidas eram vistas como se tivessem controle de seus atos, enquanto as moças imodestas eram vistas como objetos a serem controlados por outros. Esses resultados surpreenderam os cientistas, mas isso não aconteceria se soubessem a origem do biquini.

O inventor do biquini foi um engenheiro automobilístico chamado Louis Réard. Ele trabalhava numa empresa de lingerie, de sua mãe. Quando ele criou o primeiro traje de banho de duas peças, em 1946 teve que contratar uma “stripper” para usar o biquini, já que nenhuma modelo queria usá-lo numa passarela.

A bailarina nudista, Micheline Bernadini trabalhava num cassino em Paris nessa época, e provavelmente não sentia vergonha de usar essa roupa em público. As modelos de passarela se sentiam diferente. Quase meio século antes, essas modelos francesas já tinham descoberto aquilo que os cientistas de Princeton descobriram apenas hoje.

Quando uma moça usa biquini, de acordo com a perspectiva masculina (não estou falando de moda), é a mesma coisa que usarem roupas íntima (calcinha e sutiã). Se um homem entrar num provador feminino quando elas estiverem usando roupa íntima, elas vão gritar… E já vão rapidamente se cobrir com a toalha.

Mas, quando é na praia usando exatamente a mesma quantidade de roupa elas se sentem completamente confortáveis. Você pode até se sentir confortável, mas o cérebro do homem é o mesmo. Se você quiser que um homem lhe veja como você realmente é, não pense que se cobrir significa que seu corpo é feio. Não! Seu corpo é maravilhoso. Talvez tão maravilhoso, que maravilhosamente nos distrai e nos atrapalha a ver que você vale mais do que seu corpo.

Eu penso que quando uma moça cobre o corpo, ela está revelando mais dela pra gente porque está nos mostrando que ela é mais do que um corpo.

Se algum dia você se perguntar: “Está muito apertado? Está muito curto? Está muito alguma coisa… “ Você mesma já está respondendo a sua pergunta. Escolha a roupa mais modesta, e tenho certeza que isso ajudará os homens a verem o seu verdadeiro valor.

Veja o vídeo:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *